Redes sociais mudam a forma de relacionamento entre empresas e clientes

Hoje, grande parte das empresas já está nas mídias sociais. Isso é ótimo, pois além de transparecer que a organização é ligada nas tendências atuais, a mesma pode ser conectada a qualquer momento pelo seu público-alvo. Porém, não é apenas manter um perfil nessas redes que garante um bom relacionamento com os clientes. Dentro dessa teia de conexões é necessário saber, e bem, quem está do outro lado da tela.

Existem vários tipos de clientes, por isso, o atendimento deve ser sempre personalizado, afinal as dúvidas de um podem não ser as mesmas de outro. Muitos clientes descontentes utilizam das redes sociais para reclamações e essas, jamais, podem ficar sem respostas, pois, ao contrário, transmitirá a imagem de que a empresa não se importa.

Por isso, é muito importante ter uma equipe de comunicação treinada e informada para fortalecer a imagem da corporação na web. Isso é essencial para o sucesso de qualquer negócio. A página deve ser atualizada constantemente e sempre com assuntos de relevância para o público que a empresa pretende atingir.

Outro ponto bastante crucial nesta nova forma de interação entre os clientes e as organizações é a percepção e isso é fácil de mensurar através das próprias mídias que oferecem ferramentas com esse intuito. A equipe de comunicação poderá ver onde está acertando e o que precisa melhorar a partir de dados fornecidos e, com isso, corrigir eventuais erros de marketing e administrar a página da corporação melhor.

As redes sociais se tornaram plataformas de apoio, local onde os clientes tem acesso livre para com as empresas e serviços que utilizam. Se por um lado, as organizações estão mais frágeis em relação às reclamações, por outro, elas podem contornar a situação e ainda prever estratégias para que novos erros não ocorram no futuro, além de entender melhor as vontades e desejos de sua clientela, se consolidar no mercado e, com isso, atingir cada vez mais novas pessoas.

25 fevereiro 2017