Dias quentes: que roupa usar para trabalhar?

Nestes dias quentes de verão fica difícil até mesmo decidir que roupa vestir para trabalhar. Algumas empresas adotam uniformes, outras exigem o traje social, mas a maioria não pré-determina qual regra o funcionário deve seguir. A dica principal é: a roupa apropriada para os dias mais abafados é aquela que não atrapalha a produtividade e isso vale principalmente para as mulheres, que podem optar por modelos mais leves e um pouco mais curtos, condizentes com a estação. Decotes e saias curtas demais não pegam bem no ambiente de trabalho. No caso dos homens, nada de desleixo. Se a empresa não obriga o uso de ternos e camisas sociais, o indicado são calças com tecidos leves e camisa pólo, mas nada de bermuda e camiseta. Se o uso do paletó é indispensável, já existem no mercado os feitos com tecidos de fibras bem leves e que funcionam até mesmo como isolante térmico.

De acordo a gerente de Recursos Humanos da YKP, que fica em São Paulo, Vanessa Medeiros, o funcionário recebe, periodicamente, um treinamento comportamental que engloba também o traje. Mas segundo ela, o assunto é enfatizado sempre que necessário através de campanhas internas. O mesmo acontece na Nasajon Sistemas, conforme relatou a assessora de imprensa Mabel Antunes. “Assim que o colaborador é contratado ele recebe as diretrizes por escrito e o traje apropriado está incluído. Mas ao longo do ano organizamos campanhas de consciência comportamental para refrescar a memória”.

Ambas as profissionais concordam que a roupa ideal é aquela que mistura conforto com bom senso e que isso vale para qualquer estação.

17 dezembro 2017