Como reter talentos na pequena empresa?

Reter profissionais talentosos numa empresa de pequeno porte vai sempre ser diferente do processo em uma grande empresa. Entretanto, em ambas, não se trata de tarefa nada fácil. Considerando que a retenção do colaborador na empresa está diretamente ligada às oportunidades de crescimento profissional, é então dever da empresa, seja ela grande ou pequena, oferecer condições e motivações para que os talentosos possam desenvolver suas potencialidades.

Numa grande empresa o estímulo ao profissional que se destaca pode acontecer através de vários meios: promoção, inserção em novos projetos, transferências para outras cidades ou países e até mesmo oferecendo uma série de benefícios. Na pequena empresa a retenção do profissional deve ser feita com criatividade, já que o estímulo através da remuneração ou concessão de benefícios é, na maioria das vezes, inviável. Mas como? Oferecendo um ambiente de trabalho estimulante, participação nas decisões através de uma comunicação direta e de mão-dupla com o chefe, delegação de poderes, reconhecimento do trabalho e mais flexibilidade no que diz respeito às regras.

Já dissemos aqui no site que a performance do profissional na empresa costuma ser medida através da aplicação da “avaliação de desempenho”, que costuma ser feita uma vez ao ano, através de questionário com o próprio empregado, seus líderes e por toda a equipe que o cerca. Feita, a empresa pode então definir estratégicas e quem sabe promover o colaborador. Na pequena empresa a avaliação do desempenho é realizada diariamente, através de um processo muito menos formal, já que o número de empregados é muito menor. Por esse motivo, a possibilidade do colaborador mostrar suas potencialidades é muito maior e não deve ser desperdiçada pela empresa.

10 dezembro 2017