Afinal, o que é inovação?

Afinal, o que é inovação?

Quando pensamos no conceito de inovação, o que vem a mente geralmente são invenções tecnologócias grandiosas e empresas como a Apple (que, de fato, está entre as consideradas mais inovadoras do mundo), mas a inovação vai muito além disso. E pode ser aplicada por empresas de qualquer tamanho, e até em nossas vidas pessoais mesmo.
Não tem a ver com inventar a roda, mas sim com pensar fora da caixa, tanto para otimizar processos e produtos quanto para criar novos. A inovação também tem tudo a ver com criatividade, sendo fortemente relacionados; podemos pensar que um é o meio (criatividade) para obter um fim (inovação), de forma que a inovação seria a materialização da criatividade.

Por que investir na inovação?

Estamos em um mercado altamente competitivo – e cada vez o é mais e mais. Isso quer dizer que empresas disputam mercado com muitas outras e precisam de diferencial competitivo para se destacarem, conquistarem clientes e espaço. E é aí que entra a inovação.

O mercado consumidor está em constante e veloz mutação, de forma que o que é novidade hoje amanhã não é lá tão especial. Dessa forma, as demandas mudam muito rápido e é preciso se adaptar sendo criativo e inovador.

Pensemos em um exemplo prático, de um pequeno negócio: uma loja de doces e chocolates de uma cidade do interior, cuja dona está antenada nas novidades do mundo da confeitaria tanto na internet quanto no dia-a-dia, atenta aos feedbacks de sua clientela. Antes da páscoa, período mais agitado do ano, ela decide pesquisar as principais tendências nos doces e encontra um produto sobre o qual todo mundo está falando. Aí ela tem três opções: ignorá-lo, incluí-lo no menu tal como ela viu na internet, ou pegar esse insight para tentar trazer algo inovador para o seu cardápio e clientela.

Pode parecer um exemplo bobo, mas é uma demonstração a nível micro de como podemos ter um mindset inovador em qualquer circunstância. Daí para como a Apple e outras gigantes tecnológicas constroem sua inovação existe um mundo, é claro, mas no final das contas o pensamento inovador é fundamental onde quer que atuemos visando destaque. De forma que se torna até paradoxal: se ser inovador é exigência, como de fato inovar?

A chave é que cada pessoa tem um background único e traz um olhar único sobre problemas, possibilitando soluções múltiplas. E no fim das contas, inovação corresponde a soluções fora da caixa. E isso leva a uma outra discussão: a importância da diversidade por trás das tomadas de decisão, pois são os olhares múltiplos e diversos que possibilitam o frescor necessário para a inovação.

 

Veja mais sobre como ser criativo no trabalho

Saiba mais sobre a importância da diversidade no ambiente corporativo

7 abril 2021